4 verdades sobre seus joelhos e como cuidar deles

Eles aguentam o tranco na corrida e rodopiam na zumba. Aprenda a tratar bem essas articulações!

1. Estalar não é um problema

Fique tranquila quando os “cracs-cracs” não acompanharem dor – é um sinal comum de que alguns tecidos entraram em contato. Já se houver incômodo, procure um especialista – você precisa descobrir quais são as causas (quase sempre dá para tratá-las!).

“A musculatura tem que estar forte e, principalmente, em equilíbrio para reduzir a sobrecarga”, diz o ortopedista Rene Abdalla, diretor do Instituto do Joelho do HCor, em São Paulo.

Leia mais: Defina pernas e bumbum com este treino de 6 minutos

2. Corrida está liberada

“Apesar de a pressão nos joelhos aumentar cerca de oito vezes durante a prática, fortalecimento, alongamento e aquecimento conseguem protegê-los e evitar a dor”, garante
 o ortopedista Wilson Abou Rejaili, do Instituto do Joelho, em São José do Rio Preto (SP). Não pule nenhuma dessas etapas! “O tênis deve ser trocado a cada 500 km de uso, quando
 o amortecimento se torna insuficiente”, recomenda Rene.

3. Joelheiras não funcionam

São raros os casos em que elas são de fato recomendadas. Na maioria das situações, o efeito é apenas psicológico. “Joelheiras até podem piorar o retorno venoso e inibir a contração muscular”, alerta o ortopedista José Ricardo Pécora, diretor científico do Grupo do Joelho do Hospital das Clínicas de
 São Paulo. Então, não compre um par com a expectativa 
de se blindar, a não ser que receba indicação médica.

4. É permitido agachar

Ao contrário do que todo mundo imagina, agachamentos, afundos e avanços estão liberalíssimos – desde que você seja orientada por um profissional a executar os movimentos corretamente, claro. Flexionar mais de 90 ou abusar da carga durante o exercício jamais, ok?

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s