A rotina fitness e os objetivos de 3 mulheres que vivem o mundo do futebol

Conversamos com uma auxiliar técnica da seleção, uma árbitra da Fifa e uma jogadora do Brasil sobre o que as motiva e como são seus hábitos no dia a dia

Por Daniela Bernardi Atualizado em 26 jun 2018, 17h25 - Publicado em 22 jun 2018, 12h59

Beatriz Vaz (auxiliar técnica da seleção brasileira feminina)

Beatriz Vaz

 

1. “Treino porque preciso manter meu corpo em atividade. Assim, também mando embora o stress e me sinto mais disposta para o dia.”

2. “No prato, não podem faltar arroz, feijão, salada e carne”.

3. “Sempre falo para minhas atletas mais novas que elas precisam focar de verdade no futebol para progredir na carreira.”

Edna Alves (árbitra da Fifa)

Edna Alves

Continua após a publicidade

 

1. “Me exercito para conseguir acompanhar os lances do jogo e estar bem posicionada. Como consequência, tenho melhor qualidade de vida.”

2. “Sigo uma alimentação bem saudável, com frutas e verduras. Como seis vezes ao dia, evito doces e frituras e balanceio os nutrientes. Ah! E bebo muita água.”

3. “Minha meta no futebol é apitar a Copa do Mundo de 2019″.

GymPass BOA FORMA: treine em mais de 12 mil academias por um valor fixo

Mônica Hickmann (zagueira da seleção e do Orlando Pride)

Mônica Hickmann

 

1. “Para manter a alimentação saudável, me lembro de como ela interfere no meu desempenho. Se quero um chocolate, pego apenas um pedacinho e fico satisfeita.”

2. “Quando dizem que mulher e futebol não combinam, nem respondo, porque não preciso da permissão dos outros para decidir o que fazer. Nenhuma mulher precisa.”

Continua após a publicidade

Publicidade