Defina pernas e abdômen de forma divertida usando um bambolê

Conheça o Bamballet, nova modalidade que desenha o corpo, melhora a flexibilidade e desafia a coordenação

Há vinte anos (!), o grupo de axé É O Tchan fazia sucesso com o hit Bambolê (vem na pegada do bambo, do bambo, do bambo, bambolê…). E você – aposto meu 13º salário que sim – se acabava nas festas infantis ao som desse clássico. Acertei? Hoje, uma novidade fitness promete matar a saudade dessa nossa paixão e ainda desenhar braços, pernas e abdômen: o bamballet.

Na aula de 60 minutos, criada pela educadora física Audrea Lara, as alunas usam o acessório enquanto fazem os exercícios do ballet pilates, metodologia que combina princípios das duas modalidades. “Os movimentos variados promovem diferentes estímulos para os músculos”, diz a professora. “Mesmo apenas com o peso do corpo, dá para ganhar massa magra e acelerar o metabolismo.”

Veja tambémAlinne Moraes: aposta no balé para ganhar músculos e postura alinhada

E não é só requebrar, viu? [Aprenda, no vídeo abaixo, a técnica para não deixar o “brinquedo” cair]. O acessório também entra para dificultar afundos, abdominais e flexões de braços, por exemplo. “Ele promove uma desestabilização que a obrigada a acionar mais o core, a parte interna das coxas e os músculos do quadril”, explica Audrea.

Sincronizados com músicas pop, os movimentos ainda melhoram o equilíbrio e a flexibilidade ao mesmo tempo em que aceleram o batimento cardíaco (gastando até 300 calorias). Com duas a três vezes na semana, você conquista benefícios para o shape e a saúde. “Os aprendizados da aula são colocados em prática nas atividades do dia a dia, como uma postura mais adequada no trabalho e mais amplitude nos tornozelos, o que é ótimo para quem gosta de colocar salto alto.”

Quer mais? A elevação de calcanhares e os pliês promovem uma espécie de drenagem linfática ao garantir um boost na circulação, inclusive no retorno venoso (quando o sangue volta ao coração).

Leia aquiAulas que relembram a infância viram febre no mundo fitness

Diversão intensa

Mas não pense que o bamballet é coisa para crianças só por ser lúdica. A equipe BOA FORMA experimentou a novidade e garante: os movimentos são difíceis, já que exigem, além de força, muita coordenação. A vantagem é que o bambolê colorido deixa o trabalho menos árduo – às vezes, nem percebíamos que estávamos malhando. Dentre os exercícios mais desafiadores, estava a prancha lateral apoiando o braço de cima no acessório à frente ao mesmo tempo em que a perna é elevada. Mas também fizemos uma adaptação de “pular corda”, chutes dentro do círculo à frente (sim, muitas vezes, você fica apenas com um pé no solo) e abdominais em pé com o bambolê preso a um elástico na barra ao lado (ele funciona como resistência na hora em que seu tronco se curva lateralmente para fora).

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s