Entenda por que natação, tênis e step melhoram a saúde do coração

Pesquisadores afirmam que atividades que trabalham membros superiores e inferiores ao mesmo tempo estão ligados a uma redução de doenças cardiovasculares

Por Mariana Amorim 19 mar 2017, 09h18

Sabe o que a natação, as aulas aeróbicas e os esportes com raquete (como o tênis) têm em comum? Além de superdivertidos, todos eles estão ligados diretamente a uma redução significativa de doenças cardiovasculares, segundo um estudo recente publicado na revista científica British Journal of Sports Medicine, com a participação de mais de 80 mil britânicos.

Leia mais: Meia maratona: o que saber antes de encarar os primeiros 21K

“Essas atividades se destacam porque envolvem o corpo como um todo, já que braços, pernas e abdômen são trabalhados de forma integrada”, explica o endocrinologista Renato Zilli, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Por causa disso, mais áreas do cérebro também são ativadas, o que ajuda a melhorar a coordenação motora, a propriocepção e o equilíbrio.

Redução nas chances de morte por doenças no coração:

  • 56% esportes com raquete
  • 41% natação
  • 36% aeróbicos (como jump e step)
Continua após a publicidade

Publicidade