Treino com fita de suspensão para definir o corpo e emagrecer

Transforme um simples acessório fitness em sua academia particular

Acredite: a fita de suspensão pode ser sua grande aliada nos dias em que não é possível ir à academia. Ela é capaz de transformar em seu programa de exercícios e ajudá-la a ficar forma em qualquer canto do planeta. O acessório – uma correia de náilon com alças, leve e barata – tem um mecanismo simples: basta prendê-lo a um ponto fixo, a uma altura de 2 metros, e pronto: você malha na praia, no campo e até no quarto de hotel. “Dá para fazer um treino funcional completo”, diz Allan Menache, coach do Centro de Treinamento Funcional da AV Treinamento Inteligente, em São Paulo.

Veja também

Você programa as séries de acordo com seus objetivos. Se a ideia é ganhar resistência, Allan recomenda movimentos simples com maior número de repetições. Para trabalhar força, os exercícios devem ser mais complexos com menos repetições. Usando o peso do próprio corpo, o trabalho muscular é intenso e você sua o top! Em apenas 30 minutos, são eliminadas até 700 calorias.

Além de auxiliar o emagrecimento e a definição, o treino com a fita de suspensão ainda amplia sua capacidade funcional. “Você melhora a postura, desenvolve a consciência corporal e ganha força, agilidade e equilíbrio. Assim fica mais bem preparada para correr na praia, jogar vôlei, subir montanha, enfim, praticar outras atividades”, garante Menache. Um ótimo custo/benefício para a temporada, não?

Veja também

Para ficar bem na fita

O treino que Allan Menache sugere leva 30 minutos e pode ser feito três vezes por semana. Atenção às recomendações antes de iniciar:

  • Coloque a correia em lugar sem móveis ou objetos por perto;
  • Se prender a fita na porta, tranque-a para evitar que alguém abra na hora que você estiver se exercitando;
  • Inspire e expire a cada movimento, mantendo o abdômen sempre contraído;
  • Preste atenção na postura;
  • Comece com exercícios fáceis e progrida aos poucos para movimentos mais desafiadores.

O treino

1. Passada lateral

Treino no TRX

Em pé, pernas unidas, braços flexionados, mãos segurando as manoplas próximas ao ombro, mantenha a fita tensionada. Dê um passo para o lado, flexionando o joelho da perna que se moveu. Durante o movimento, projete os quadris para trás e para baixo. Volte e repita do outro lado. Faça de 2 a 4 séries de 20 repetições (alternando as pernas).

O que trabalha: força coordenação dos membros inferiores.

2. Agachamento unipodal

Treino no TRX

Em pé, uma das pernas levemente estendida à frente com o pé fora do chão, braços flexionados em ângulo de 90 graus, mãos segurando as manoplas. Agache, como se fosse se sentar em um banquinho atrás devocê, elevando o pé que já estava fora do chão. Faça de 2 a 4 séries de 10 repetições com cada perna.

O que trabalha: pernas, glúteos e o equilíbrio dinâmico.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

3. Flexão dos joelhos com elevação de quadris

Treino no TRX

a. Deitada, pernas estendidas, calcanhares encaixados na fita.

b. Flexione os joelhos, elevando os quadris e trazendo os calcanhares em direção aos glúteos. Mantenha os braços e a cabeça sempre apoiados no chão.

Faça de 2 a 4 séries de 15 repetições.

O que trabalha: força das pernas, dos glúteos e dos músculos do core.

4. Puxada com rotação de tronco

Treino no TRX
Em pé, uma das mãos segurando uma manopla (una as duas alças da fita), cotovelo flexionado a 90 graus. Estenda o cotovelo, inclinando o corpo para trás e agachando, fazendo o movimento de rotação de tronco. Estenda o outro braço como se fosse tocar o chão. Faça de 2 a 4 séries de 10 repetições de cada lado.

O que trabalha: desenvolve a força dos braços e do core.

Veja também

5. Agachamento integrado com puxada

Treino no TRX

a. Em pé, pés paralelos, braços flexionados, mãos segurando as manoplas, corpo ligeiramente inclinado para trás.

b. Agache, como se fosse se sentar em um banco atrás de você, enquanto estende os cotovelos e sobe as mãos.

Faça de 2 a 4 séries de 15 a 20 repetições.

O que trabalha: força funcional dos braços, das costas e pernas.

6. Abdominal com flexão de quadris

Treino no TRX

a. Em posição de prancha, pernas estendidas e pés encaixados na alça da fita.

b. Flexione os quadris, levando os glúteos em direção ao teto, até formar um ângulo de 90 graus entre pernas e tronco. Se conseguir, encaixe cabeça entre os braços.

Faça de 2 a 4 séries de 15 repetições.

O que trabalha: força do core e dos músculos abdominais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s