Continua após publicidade

Treino de peito: personal dá orientações para garantir bons resultados

Profissional aponta dicas importantes para evitar erros e garantir um treino mais eficaz para a região do peito

Por Ana Paula Ferreira
5 jul 2024, 16h00

Executar os exercícios da forma correta é fundamental para garantir melhores resultados na academia. Assim, aprender como aprimorar os movimentos no treino de peito é importante para evitar erros que comprometam os ganhos na musculação.

 

 

Pensando nisso, Leandro Twin, professor de educação física e embaixador da Bluefit, listou orientações que ajudam a corrigir erros comuns e a otimizar os exercícios para ter mais benefícios com o treino.

Continua após a publicidade

Orientações para treino de peito

Segundo o profissional, um erro frequente no crossover é inclinar o corpo para frente, o que muda o foco do exercício. “Quando você faz o crossover com a polia alta, o movimento deve ser de cima para baixo para focar a parte inferior do peitoral. Inclinar o tronco muda o foco para a parte medial, o que pode não ser o objetivo”, esclarece Twin.

Outro problema comum ocorre no crucifixo, onde muitos acabam transformando o movimento em um supino com pegada diferente. “O crucifixo deve ser um movimento circular, com os pesos longe do tronco. É importante abrir os braços ao máximo e fechar até a altura dos ombros, garantindo que você esteja trabalhando o peitoral corretamente”, ele orienta.

Já para o supino com halteres, a dica é simular o movimento do supino com barra. Não é necessário juntar os halteres no topo do movimento, pois isso reduz a eficácia do exercício. Mantenha o movimento reto e controlado para maximizar o trabalho do peitoral.

Além dessas dicas, Twin acrescenta duas orientações extras para quem busca resultados ótimos no treino de peito: “Use pesos adequados para realmente desafiar os músculos e siga a Bluefit para mais dicas e orientações sobre treinos.”

Continua após a publicidade

Mais dicas práticas

Para facilitar a rotina de treinos, Leandro Twin compartilha mais dicas práticas e essenciais para um treino eficaz de peito:

  • Quantidade de exercícios: Utilize de 4 a 5 exercícios por treinamento para trabalhar todas as regiões de forma equilibrada.
  • Técnicas avançadas: Incorpore técnicas avançadas como o drop set, diminuindo a carga em 20% e continuando o exercício até a falha, repetindo esse processo três vezes.
  • Pré-exaustão: Comece o treino pela área onde tem mais dificuldade, utilizando a técnica de pré-exaustão para alcançar simetria e harmonia muscular.
  • Execução correta dos exercícios:
  1. No crossover, mantenha o tronco reto para focar a parte inferior do peitoral;
  2. No crucifixo, execute um movimento circular, sem empurrar os pesos;
  3. No supino com halteres, simule o movimento de barra, evitando juntar os pesos no topo.

 

 

Publicidade