5 métodos não convencionais para tratar dores musculares

Deixe o gelo de lado e coloque em prática esses truques supereficazes na hora de cuidar dos músculos

Por Caroline Randmer Atualizado em 10 abr 2017, 17h04 - Publicado em 3 nov 2016, 09h18

1. Beber café

Pesquisadores da Universidade da Georgia, nos Estados Unidos, descobriam que duas xícaras de café são suficientes para reduzir as dores musculares resultantes de uma sessão de treino intensa. “Isso porque a cafeína bloqueia os receptores da adenosina, uma substância liberada após algum tipo de inflamação em nosso organismo”, esclarece Mariana.

Leia também: As melhores (e piores!) bebidas para o pré-treino

2. Investir na creatina

A principal função desse aminoácido é transportar energia para as células do corpo, em especial para as fibras musculares. Isso significa que ele contribui para a reparação mais rápida dos músculos.

3. Tomar banho com sal tipo Epson

“Conhecido aqui no Brasil como sulfato de magnésio, esse sal é um relaxante muscular natural”, revela Mariana Paes, nutricionista esportiva no Rio de Janeiro (RJ). Para tirar proveito desse benefício, despeje-o em uma banheira com água quente e aproveite o banho para relaxar enquanto a substância se encarrega de acabar com as dores.

Continua após a publicidade

E mais: Fazer exercício ajuda a aliviar a dor de um treino anterior?

4. Tomar suco de cereja

A bebida tem mais antioxidantes que o suco de romã, reduzindo a inflamação causada pelos exercícios de alta intensidade e, consequentemente, aliviando a dor. Aposte em um copo puro ou em uma dose misturada com sua vitamina no pós-treino.

Entenda: Café verde dá pique para malhar e acelera a queima de gordurinhas

5. Fazer massagem com rolo de liberação miofascial

O acessório deve ser usado depois da atividade física como um auxiliar da automassagem, técnica também conhecida como autoliberação miofascial. A ideia é pressionar alguns pontos de dor para desfazer os nós, aliviar a tensão e fortalecer os tecidos.

Continua após a publicidade
Publicidade