Conheça o plogging, modalidade que faz bem à saúde e à natureza

A atividade consiste em recolher o lixo das ruas enquanto você corre – e está se tornando cada vez mais popular!

Por Camila Junqueira - 28 fev 2018, 20h42

Existem vários truques para tirar a corrida de rua da mesmice (como variar o percurso, convidar uma amiga…), mas nada é tão inovador – e curioso! – quanto o plogging. O termo, nascido na Suécia, consiste em levar consigo o lixo que você encontra no caminho durante a atividade física. Além de fazer bem ao meio ambiente, você vai notar benefícios no seu corpo: a cada material recolhido, um agachamento é somado ao treino! Outra forma de turbinar os resultados é carregar um saco de lixo e colocar o máximo de resíduos nele – o peso extra dificulta um pouco a corrida e faz seu corpo queimar mais calorias.

Tendência fitness

O plogging foi citado pela primeira vez em 2017, quando o ambientalista sueco Erik Ahlström organizou um grupo no Facebook para lançar a ideia. Desde então, a atividade ganhou milhares de adeptos no mundo inteiro, que compartilham suas experiências por meio da hashtag #plogging. Confira algumas postagens:

View this post on Instagram

Want to get into the #plogging craze? It’s the prefect mixture of personal & environmental health in one activity. PLOGGING!! “Plocka up” Swedish for Picking Up and Jogging.🏃🏼‍♀️🏃🏽‍♂️ Whether you walk, jog or run let’s help our City Clean. Round up your friends or go alone and be a part of Clean Up Akron Month #CUAM2018. – Tremendous Thank you to @keepakronbeautiful for everything you do to continuously keep our City Beautiful! – Please help us spread the word along! Tag @keepakronbeautiful and @secondsoleakrun and let’s see how many people we can get to contribute to our community. – #keepingakronbeautiful #litter #plogging #dontdropthecup #trash #garbage #litter #rubbish #waste #keepourcityclean #useabin #litterpicker #lovemycity #löpning #environment #respect #akrun #motherearth #savetheplanet #lovewhereyoulive #ohiogram

A post shared by Shoes 👟 Apparel 👟 Advice (@secondsoleakrun) on

View this post on Instagram

@Regrann from @mycitycleanup – YOU people are so much inspiring! In Sweden, “Ploggers” do their jogging while picking up litter in the streets… Best Concept Ever! Thank you @rtsinfo for sharing the video and for the report 👍🏿📽🏃🏻‍♂️🚮💙🌎🙏🏻 . . . #litter #waste #garbage #mycitycleanup #footing #jogging #jogger #running #run #action #city #sweden #swedish #recycle #ecology #planet #savetheworld #plasticfree #plastic #inspired #inspiring #future #bettertogether #betterfuture #bettertomorrow #life #ploggers #plogging

A post shared by @ soy.elise on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

©© No bag no problem. Hiking this 6 miles to put it in a bin. #plogging #ploggers #plogga

A post shared by Plastic Pollution Solution © (@plastic_pollutionsolution) on

Plogging no Brasil

Pegar o lixo do chão não é uma prática muito popular por aqui. Prova disso foi o estranhamento causado por torcedores japoneses que recolheram objetos deixados nos estádios brasileiros durante a Copa do Mundo em 2014. Vista como um exemplo de cidadania, a atitude passaria despercebida no Japão ou nos países nórdicos, onde descartar o lixo no lugar certo e manter as ruas limpas faz parte da cultura local.

View this post on Instagram

Amanhã, dia 25/02 🎂🥂🙋🏻‍♀️, nós, do @routebrasil e parceiros , estaremos em frente ao quiosque K08, na Praia da Barra, esperando vcs para uma grande ação de limpeza. O objetivo, além da coleta de lixo, é chamar a atenção para esse problema e tentar conscientizar o maior número de pessoas possível. Contamos com vcs. Chamem os amigos, família e todos que amam a natureza como nós. #porummundomelhor #amorpelanatureza #éroute

A post shared by Fernanda de Freitas (@fernandadefreitas_) on

Mas nem tudo está perdido! Há quem lute para tornar nossos parques, praias e florestas país mais limpos, como a atriz Fernanda de Freitas. Na semana passada, a global aproveitou o dia do seu aniversário (25/02) para se juntar a um mutirão de limpeza na Praia da Barra, no Rio de Janeiro. A conscientização mobilizou o público, que também colocou a mão na massa. Que tal fazer sua parte também?

 

Continua após a publicidade
Publicidade