Comecei a treinar e meu cabelo está caindo. Há relação?

Apesar da atividade física beneficiar os fios no geral, algumas atitudes podem gerar o efeito contrário

Você começou a treinar e percebeu que seu cabelo está caindo mais do que o normal? Pode parecer que não, mas as duas coisas podem ter relação. “O suor, em contato com o couro cabeludo por muito tempo, pode ser um fator irritativo para a saúde da região. Se a pessoa sua muito, o ideal é lavar toda vez depois do treino (mesmo que isso signifique todos os dias). Dessa forma, a sujeira e oleosidade são removidas”, explica a tricologista Viviane Coutinho. Xampus a seco não devem ser utilizados diariamente, mas somente em casos emergenciais, visto que eles não substituem a boa higienização. 

Contudo, o contrário também é válido, sabia? Treinar pode dar um up na qualidade dos fios. “Quando praticamos esporte, melhoramos a oxigenação e o aporte sanguíneo, fazendo com que mais nutrientes cheguem aos folículos capilares. Sem contar que diminuímos tensões e estresse, fatores que contribuem para a queda capilar”, diz a especialista. 

E se você está higienizando o cabelo do modo correto, mas ele continua caindo, o que pode ser?

“Existem inúmeras possibilidades que podem levar à queda. Para citar algumas: uma alimentação pobre em nutrientes, estresse elevado, hábitos não saudáveis (como excesso de álcool), tabagismo, má qualidade de sono,  pós-parto, e interrupção de contraceptivos.”

E se você começou uma dieta com restrição calórica, cuidado. “Há uma ligação direta entre as duas coisas. Como o cabelo é um anexo do corpo, os nutrientes são primeiro direcionados para os órgãos vitais para depois chegarem nos fios”, afirma Viviane. Logo, se o estoque de vitaminas e sais minerais for menor, não chegará nada para os folículos. 

E o que fazer? 

Primeiro, ajuste a dieta. Tudo bem cortar um pouco de calorias, mas preze por escolhas inteligentes. Troque alimentos pobres nutricionalmente falando por proteínas magras (como frango ou peixe), folhas verdes-escuras, verduras e legumes. 

Continue praticando esportes, tente dormir melhor e cuide da sua saúde mental! Como? Que tal começar uma prática como a ioga? Veja aqui seus benefícios para a ansiedade. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s