8 corredoras amadoras contam como se preparam para provas de rua

Seja qual for seu objetivo na pista, confira as dicas inspiradoras destas influencers que arrasam nas provas de rua e nas redes sociais.

Por Yara Achôa (Colaboradora) Atualizado em 14 dez 2016, 12h36 - Publicado em 14 dez 2016, 12h35

Para elas, é quase impossível ficar um dia sem correr – ou seria mais difícil permanecer 24 horas desconectadas? Confira as dicas e parte da rotina das apaixonadas pro corrida:

img14

“Tenho uma dieta equilibrada, mas deixo uma refeição off na semana para comer chocolate ou tomar sorvete – hoje existem boas opções à base de água e orgânicos. Nos outros dias, principalmente quando estou com a TPM à flor da pele, opto por alfarroba, pasta de amêndoas ou castanhas ou bolo integral de banana.” Kele Veras (@kele_veras), estudante de nutrição, SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Debs-Aquino
Arquivo pessoal

“Nos meses que antecedem a prova, procuro vídeos do percurso e converso com ex-participantes. Antes de dormir, visualizo tudo na minha cabeça: o que pode dar certo, como solucionar possíveis problemas… E me vejo cruzar a linha de chegada com o relógio marcando o tempo que quero fazer.” “Quando treinamos para uma maratona, rola um desgaste físico e emocional. Por isso, sou a favor de subir degrau por degrau. Não ultrapasse uma distância até o momento em que você a considerar fácil demais.” Debs Aquino (@debsaquino), positive coach, SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

corredoras-influencers
Arquivo pessoal

“Amo doces e, quando estou seguindo uma dieta mais restritiva, aproveito para comê-los durante os treinos longos, em substituição ao gel de carboidrato. É a hora que o corpo precisa de energia extra. Troco por paçoquinha, bala de goma, bananinha, mel e até um chocolate.” Ju Falchetto (@runjurun), engenheira, MG

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Nanda Azevedo
Arquivo pessoal

“Quando não estou animada para correr, visto as roupas que mais amo para me sentir bonita. Contar com um grupo de amigos também ajuda a não furar o treino.” “Não abro mão de filtro com FPS 70 no verão e 30 no inverno, além de viseira e um bom par de óculos de sol, que ainda me deixam com cara de atleta profissional!” Nanda Azevedo (@nanda.azevedo_), assistente de marketing, RJ

 

Continua após a publicidade

Veja também: 3 passos para se apaixonar pela corrida

 

Continua após a publicidade

Corredoras
Arquivo pessoal

“Os lábios merecem proteção contra sol, vento e frio. Nosso protetor labial preferido é o Lip Top Gloss Marsala, da Pink Cheeks (R$ 30).” “Roupas e acessórios coloridos não são só questão de estilo, mas também de segurança – ainda mais em treinos na rua.” @meninascomasas, MG: Giovana (designer), Fernanda (consultora de negócios), Ethel (arquiteta) e Bruna (gerente de projetos)

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

img161

“É comum ingerir mais calorias conforme a distância do treino aumenta. Para evitar o ganho de peso, alinhe seu plano alimentar com o volume de corrida. Antes de acelerar, eu como boas fontes de carboidrato (aveia, banana, mandioquinha e batata-doce) para ter energia. Já depois, associo o carbo a uma fonte de proteína magra, como clara de ovo. Assim, as necessidades do meu organismo são sanadas sem que eu tenha que lotar o prato.” Giuli Pansera (@giulirp), endocrinologista, SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Noelle Pessoa
Arquivo Pessoal

”Se você acha a corrida entediante, procure se exercitar ao ar livre e em lugares que não conhece. Trace metas: treinar para uma prova com data marcada é muito mais motivador.” “Para os olhos, só uso máscara à prova d’água (Double Extension, da L’Oréal, US$ 11, não está à venda no Brasil). Já no rosto, passo uma base com filtro solar (Dermablend, Vichy, R$ 150), que é ultrarresistente ao suor.” Noelle Pessoa (@noelle_pessoa), administradora, SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

img18

“Em menos de seis meses de treino, completei minha primeira maratona. Depois, fiquei uma semana sem conseguir andar direito, de tanta dor que sentia. Participei da minha quarta maratona e terminei sem incômodo nenhum. O que mudou? Preparo.” Valery Mello (@valery_mello), contadora, SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade