BootyClass: nova aula fitness deixa bumbum definido em dois meses

BOA FORMA testou em primeira mão o treino brasileiro inspirado em Jennifer Lopez

Por Daniela Bernardi Atualizado em 17 fev 2020, 15h09 - Publicado em 23 ago 2017, 18h06

Mesmo que fazer o quadradinho – ainda – não seja seu forte, rechear o jeans ou o biquíni com um bumbum bem redondinho pode, sim, ser sua próxima meta fitness. BOA FORMA experimentou com exclusividade o BootyClass, nova metodologia que utiliza apenas um colchonete e duas caneleiras de um quilo para garantir um bumbum definido, empinado e durinho.

A criação da educadora física e bailarina Déborah Valério é bem diferente das tradicionais aulas de localizada das academias. Além de os exercícios serem feitos em sincronia com músicas pop, eles são realizados de forma rápida e contínua (não, não tem descanso!). “Com 25 minutos de treino duas vezes por semana, você percebe mudança em duas semanas.” Abaixo, quatro vantagens do BootyClass.

Veja mais: 6 dicas infalíveis para definir bumbum e pernas ao mesmo tempo

1- Os movimentos seguem o ritmo da música. E, como não existe intervalo entre eles, a frequência cardíaca se mantém acelerada, o que ajuda a queimar mais calorias.

2- Saúde e desempenho garantidos. Bumbuns fortes não são apenas uma preocupação estética. Eles ajudam a evitar dores nas costas e nos joelhos, e a melhorar a eficiência da sua corrida ou do seu chute no muay thai.

3- Até os pequenos músculos são acionados. O glúteo é formado por várias partes – como o glúteo máximo, o mínimo e o médio – que precisam receber diferentes estímulos para ganhar tônus. “Uma vez que o objetivo não é hipertrofia, os movimentos são executados de modo rápido e contínuo. É como se um completasse o trabalho do outro mantendo a frequência cardíaca lá em cima”, explica Déborah.

Veja tambémBarriga chapada: método europeu reduz até 12 cm de cintura

Continua após a publicidade

4- Mais consciência corporal e flexibilidade. Sair do convencional desafia nosso cérebro, o que também melhora a coordenação. E, graças à inspiração na dança, a sequência também valoriza o alongamento, levando benefícios para as atividades do dia a dia (postura de bailarina!).

BF testou!

View this post on Instagram

Quem quer bumbum durinho? 🙋🏻🙋🏾 Ainda mais se estiver tocando Anitta na pista 😂 A nossa editora de fitness, @danibernardi_, testou em primeira mão a nova aula #BootyClass. Criada pela educadora física e bailarina @deb_valerio, o método fortalece o todas as partes dos glúteos com exercícios feitos de forma rápida e contínua. Clique no link do nosso perfil para saber mais sobre a novidade (na edição de setembro, vamos ensinar um treino exclusivo! Aguarde) #atitudeboaforma #TreinarSuarECurtir #bumbum #novidadefit

A post shared by BOA FORMA (@boaforma) on

“Parece que a receita sempre dá certo (pelo menos comigo): exercícios fitness + dança = um treino divertido – daqueles que nem percebemos que é malhação. Não que eu tenha saído tranquila da BootyClass, pelo contrário, sentia cada centímetro do meu bumbum. Mas, como os exercícios se emendam, mal vi o tempo passar. Ainda mais que treinamos ao som de Anitta e Beyoncé. Os movimentos estão bem distantes daqueles das tradicionais aulas de localizada. Inclusive, para realizar alguns deles, tive que pensar alguns segundos, como se fosse conectar o cérebro com a perna. Bônus para a consciência corporal e a coordenação!” – Por Daniela Bernardi, editora de fitness.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade