8 consequências de dormir mal (no seu corpo e mente)

Apontamos prejuízos que podem aparecer quando você não tem uma boa noite de sono

Por Redação Boa Forma - Atualizado em 7 ago 2020, 12h09 - Publicado em 4 set 2020, 07h00

Chega de passar horas no Netflix, ficar mandando mensagens no celular sem parar ou pulando de post em post no Instagram quando o dia chega ao fim. Dormir mal pode prejudicar a saúde, diminuir o rendimento no trabalho e afetar até seu emagrecimento. Vem descobrir por que ter uma noite de sono tranquila deve ser um hábito sagrado na sua rotina!

1. Aumenta o rico de doenças

Sem o descanso noturno, o corpo libera menor quantidade de interleucinas, substâncias que agem contra vírus e bactérias. Também pode desencadear depressão, doenças cardíacas, derrame e, segundo o Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, alguns tipos de tumor.

2. Dormir mal diminui o metabolismo

Além de equilibrar o sono, a melatonina é um poderoso regulador da ação da insulina e controla todos os pontos do balanço energético do corpo. Ela regula a ingestão alimentar, o fluxo de nutrientes e, acima de tudo, o gasto de energia. Com isso, ajuda não apenas a reduzir o peso como também impede que ele aumente conforme a pessoa envelheça.

3. O sistema imunológico enfraquece

O principal meio de recuperação do organismo é o sono. Enquanto estamos na cama, ele libera hormônios que queimam gorduras e estimulam o sistema imunológico. Se você não dorme, mais trabalho ele terá para combater infecções e doenças.

4. As olheiras começam a aparecer…

Se o corpo não descansa, o resultado é certeiro: você sente na pele! As olheiras surgem devido à alta concentração de melanina ou em decorrência do congestionamento dos vasos capilares da região em torno dos olhos. E alguns fatores, como cansaço, alergia, envelhecimento, excesso de sol e noites maldormidas agravam o problema.

5. …e as linhas de expressão ficam visíveis

“Para além das olheiras e do aspecto cansado, a adrenalina, outro hormônio do estresse, induz à compressão dos vasos sanguíneos que irrigam a epiderme, diminuindo a circulação do sangue no rosto e deixando a pele sem viço”, diz a médica Dalva Poyares, neurologista do Instituto do Sono, em São Paulo. Com menos hidratação, linhas finas se tornam mais evidentes.

6. Ao dormir mal, as atividades simples no trabalho se tornam um desafio

Passar muitos dias sem dormir direito faz com que o seu cérebro fique cansado. Logo, atividades mais simples como tomar decisões, manter a concentração no trabalho e lembrar-se da lista das atividades do dia tornam-se um tremendo desafio.

7. O risco de diabetes também aumenta

Quem dorme pouco também produz mais cortisol, o hormônio do estresse, responsável pela resistência à insulina – outro fator que leva ao ganho de peso e ao diabetes tipo 2.

8. Sim, sua libido pode diminuir ao dormir mal

O stress prolongado por déficit de sono interfere até mesmo na disposição para o sexo. Se o sono não é reparador, o corpo sofre uma descarga considerável de cortisol e adrenalina, hormônios diretamente ligados à sensação de cansaço. Segundo um estudo da Fundação Nacional do Sono, nos Estados Unidos, dormir pouco pode, ainda, diminuir a intensidade do orgasmo. Especialistas em sono, aliás, são unânimes: a cama é lugar para dormir e para transar.

Continua após a publicidade
Publicidade