“Amo esporte, mas sou descoordenada. Dá para melhorar?”

O colunista de BOA FORMA Rafael Lund, que esculpiu o corpo de celebridades como Deborah Secco, responde!

Por Daniela Bernardi - Atualizado em 17 fev 2020, 15h06 - Publicado em 13 set 2017, 11h27

“Claro que sim! É verdade que questões genéticas e experiências vividas na infância têm influência na sua aptidão esportiva de agora, mas não se preocupe: nosso organismo sempre pode aprender, inclusive quando o assunto é capacidade motora e cognitiva. Então, nada de desistir – tudo é questão de treino. Já pensou em tentar novas modalidades?

Leia mais: Vai começar a correr? Evite o erro mais comum entre as iniciantes

Às vezes, temos mais facilidade para algumas (eu faço todo tipo de atividade, mas não levo jeito para dança). Se você já escolheu a sua favorita, então, seja paciente e continue determinada, porque, para conquistar a coordenação de um esporte, leva um tempo. Porém, não é impossível. O segredo mesmo é praticar, praticar e praticar”, diz o personal trainer e colunista de BOA FORMA Rafael Lund, do Rio de Janeiro.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Q6f4hDy5b6Y%5D

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

Continua após a publicidade
Publicidade