Exercícios podem reduzir as dores da fibromialgia

A prática de esporte também cria um ambiente social que ameniza a tendência à depressão

Por Daniel Navas e Daniela Bernardi Atualizado em 5 fev 2018, 12h56 - Publicado em 3 fev 2018, 08h00

Recentemente, a cantora Lady Gaga cancelou um show no Brasil por causa da fibromialgia, doença crônica que causa dores no corpo, principalmente em articulações, músculos e tendões.

View this post on Instagram

High fashun high kicks? 😂

A post shared by Lady Gaga (@ladygaga) on

Mas, para reduzir os incômodos, a ciência tem mostrado que o melhor remédio é o que mais amamos: treinar! Uma revisão de estudos feita pelo centro de pesquisas Cochrane apontou que exercícios aeróbicos de intensidade moderada a forte (corrida, natação, dança, musculação) dão um boost na qualidade de vida dos pacientes.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

“Eles melhoram a força e a capacidade cardiovascular, o que reduz sintomas comuns como a tontura e a palpitação”, diz o reumatologista Jean de Souza, de São Paulo. “Além disso, o esporte cria um ambiente social que ameniza a tendência à depressão.” Então, coloque Bad Romance para tocar e vá mexer o corpinho!

 

Continua após a publicidade

Publicidade