Celulite: tratamentos alternativos para acabar com os furinhos

Antes de partir para intervenções estéticas, experimente algumas medidas caseiras para se livrar das ondulações

Por Luiza Spina (colaboradora) Atualizado em 13 jun 2018, 19h35 - Publicado em 13 jun 2018, 19h18

Os especialistas são unânimes: para se ver livre da celulite, é preciso atacá-la em várias frentes. Vale mexer na alimentação, botar o corpo para malhar, investir em tratamentos caseiros e até lançar mão de truques de efeito para disfarçar o aspecto de casca de laranja. A hora é agora!

  • 1. Coma alimentos anti-inflamatórios

    A gordura acumulada nas células faz com que elas aumentem de tamanho e também impede seu funcionamento adequado – assim, elas ficam presas no tecido subcutâneo, causando uma inflamação.  “É preciso limpar o organismo de toxinas e substâncias inflamatórias para que as células retomem seu funcionamento ideal”, explica a nutricionista funcional Andréa Santa Rosa Garcia, do Rio de Janeiro.

    Os principais alimentos anti-inflamatórios são aqueles ricos em flavonoides (as frutas vermelhas e as cítricas, como a uva, a maçã, o aipo e a salsa), em licopeno (tomate, goiaba e melancia), no gingerol do gengibre, em gorduras monoinsaturadas (azeite de oliva extravirgem e do abacate), em ômegas-3 e 6 (salmão, sardinha, sementes de linhaça e chia) e em selênio (castanha-do-pará).

    2. Beba muita água

    “Beber 2 litros por dia elimina toxinas e auxilia a circulação”, explica a nutricionista funcional Fernanda Ganem, do Rio de Janeiro. Alimentos ricos nesse líquido (como melancia, melão, abacaxi, alface, alcachofra, pepino e beterraba) ajudam bastante, mas não substituem o consumo da água.

    Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

    3. Faça agachamentos

    É claro que o exercício aeróbico (caminhar, correr, pedalar) acelera o metabolismo, emagrece e, portanto, ameniza a celulite. Mas, além dele, vale concentrar os esforços nas áreas mais atingidas com um único exercício: o agachamento. Você pode começar com pesinho de 2 quilos nos ombros. Faça 3 séries de 15 repetições, 2 ou 3 vezes por semana, por pelo menos 6 semanas.

  • 4. Use cremes específicos com cafeína

    Embora não seja nova, a cafeína continua imbatível no tratamento tópico da celulite, presente em cremes industrializados ou manipulados. “Ela estimula a síntese de colágeno, elastina e outros componentes da pele, deixando-a mais firme e amenizando ondulações”, explica a dermatologista Márcia Pontes, do Rio de Janeiro. Passe o creme duas vezes por dia com os movimentos circulares, sempre de baixo para cima.

    *Matéria originalmente publicada em outubro/2013.

    Continua após a publicidade
    Publicidade