Corredoras vivem três anos a mais do que sedentárias, diz estudo

A cada uma hora correndo, ganha-se, em média, sete horas extras de vida

Por Mariana Amaro - Atualizado em 6 abr 2017, 17h12 - Publicado em 6 abr 2017, 17h07

Mais uma boa notícia para as corredoras de plantão: correr é um fator-chave de estilo e vida para garantir uma vida mais longa.

No estudo, publicado na revista Correr como um remédio para a longevidade Progress in Cardiovascular Diseases, feito por dois pesquisadores que antes levantaram dúvidas sobre o benefício da corrida para a saúde, concluiu que mesmo que o treino com a corrida comece depois de muitos anos, ganha-se, em média, três anos a mais de vida com a atividade.

Leia mais: 2 treinos de corrida: um para iniciantes e outro para iniciadas

Se três anos a mais de vida parecem pouco para você – já que boa parte desse tempo seria gasto… correndo – lembre-se que a corrida também é divertida e que seus cálculos estão errados: se você correr 2h30 por semana, durante 50 anos, você terá passado apenas 0,74 anos correndo e, com a prática, terá adicionado mais três anos de vida. Assim, cada uma hora correndo dá ao corredor sete horas extras de vida.

Mais um ótimo motivo para deixar a desculpa para lá, calçar os tênis e ir para a pista agora mesmo.

Continua após a publicidade
Publicidade