Feliz ano novo védico: práticas de meditação e ioga para celebrar a data

A linha de pensamento indiano, que nos ensina a adotar um estilo de vida mais equilibrado, comemora o começo de um novo ano no dia 15 de Abril

No lugar do vestido branco justo, use roupas mais confortáveis e troque o peru e o leitão da ceia por alimentos vegetarianos. Esqueça a bebida alcoólica e os fogos de artifício. O mood do Ano Novo védico é a calma, com momentos de meditação e prática de ioga – assim, os seguidores da Vedanta, uma cultura milenar da região da Índia, comemoram o “Revéillon”, que, este ano, acontece neste domingo, dia 15.

Diferentemente do Ano Novo no ocidente, a festa, que marca a entrada de um novo ciclo da natureza, não acontece sempre na mesma data. Isso porque a tradição, baseada na posição dos planetas (sim, o horóscopo que a gente tanto adora surgiu de lá), considera que o novo ciclo tem início no momento em que o Sol entra em áries, o primeiro signo do zodíaco.

A celebração acontece durante o dia e começa quando o relógio marca 12 horas. “É quando o Sol, o grande protagonista da cerimônia, está a pino”, explica Jonas Masetti, mestre de Vedanta formado na Índia. O astro recebe como oferenda frutas e outros alimentos que serão consumidos pelos
convidados. A festa tem continuidade com mantras e posturas de ioga.

Meditação e ioga

 (PavelIvanov/Thinkstock/Getty Images)

A filosofia Vedanta

Embora pouco conhecida no Ocidente, a filosofia Vedanta está mais presente no nosso cotidiano do que a gente imagina. “O que conhecemos sobre astrologia atual, ioga, meditação e alguns hábitos para um estilo de vida saudável vêm dela”, diz Masetti. A Vedanta é um estudo dos Vedas — escrituras da cultura hindu que têm como objetivo o alcance do autoconhecimento.

O caminho dos védicos (seguidores da filosofia Vedanta) para o autoconhecimento inclui a busca do equilíbrio do corpo e da mente a partir da ioga. “A prática trabalha a respiração, o condicionamento físico e a meditação, tudo ao mesmo tempo”, diz Masetti.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Não é regra, mas a maioria dos seguidores da filosofia não consome alimentos de origem animal e adotam um estilo de vida mais natural – hábitos que, segundo Masetti, trazem calma e o sentimento de respeito à natureza e agradecimento à vida.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s