Você tem mesmo que treinar todos os dias?

Dependendo da intensidade do seu treino, não

Por Amanda Ventorin Atualizado em 20 jul 2022, 16h58 - Publicado em 29 jul 2022, 10h00

Você termina seu trabalho, coloca sua roupa, tênis, arruma o cabelo, agarra a garrafinha de água e na hora de sair de casa bate o maior desânimo. Seu corpo está dolorido do treino passado e você se pergunta: preciso mesmo treinar todos os dias?

Bem, a resposta é não. “Não é necessário treinar todos os dias, é recomendável distribuir os treinos de forma equilibrada para não sobrecarregar os mesmos músculos, para que eles tenham uma boa recuperação” explica Mila Toledo, profissional de educação física.

Mas calma que essa afirmação precisa ser analisada de diversos pontos, como a intensidade do seu treino e até mesmo a duração. Isso porque a intensidade que se treina implica em uma ativação metabólica diferente.

Por exemplo, em um treino intenso onde ocorre maior contração muscular, associada a uma atividade metabólica e cardiorrespiratória maiores, sendo capaz de causar alterações do corpo de forma mais fácil, criando-se a necessidade de um descanso, regeneração e recuperação tecidual maior entre os treinos. “Dessa forma, quando se treina em alta intensidade, a frequência necessária para conseguir os benefícios das atividades é menor”, afirma Jessica Durand, especializada em medicina esportiva, da Clínica Gravital. 

Mas claro que esses treinos são indicados para aqueles que já possuem certa familiaridade com a atividade física, caso esteja começando agora, treinos de baixa intensidade diários, com variação do estímulos aos grupos musculares é o mais seguro. “O ideal é manter uma rotina de treino de moderada a alta intensidade por pelo menos 3-5x/semana, respeitando um período de descanso para que haja uma correta recuperação muscular” continua a profissional.

O QUANTO DEVE-SE TREINAR PARA SER SAUDÁVEL

Você pode ir para academia por diversos motivos, desde que sua saúde seja um deles. Segundo recomendações atuais da OMS, do Colégio Americano de Medicina do Esporte e da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, para conseguir os benefícios das atividades físicas, adultos, que não apresentam contraindicações, devem praticar no mínimo 150 minutos de atividade física aeróbica de moderada intensidade por semana ou 75 minutos de atividade física aeróbica de alta intensidade por semana, combinadas com pelo menos 2 dias de treinamentos de força. E o ideal é espaçar esses minutos respeitando uma rotina que seja consistente e que seja facilmente mantida ao longo do tempo.

Continua após a publicidade

Publicidade