5 sinais de que você está desidratada e 1 solução para o problema

Não é só a cor da urina que indica que está faltando água no organismo. Fique atenta a outros sinais.

1. Mau hálito

A salivação é uma das primeiras a sofrer alterações quando falta água no organismo. Com a boca mais seca, os ácidos produzidos pelas placas bacterianas em nossa língua fazem questão de deixar sua marca: o odor desagradável.

2. Confusão mental

Nosso cérebro, como todo o resto do corpo, precisa de H2O para funcionar corretamente. “Quando a desidratação dá as caras, nosso sistema nervoso central começa a trabalhar aos tropeços, causando desorientação e dor de cabeça”, explica Alan Tiago Scaglione, nutricionista da Estima Nutrição, em São Paulo.

3. Ataques de fome

A água auxilia na sensação de saciedade por se misturar com as fibras consumidas e formar um tipo de gel no estômago. Uma vontade desenfreada de comer o tempo todo – mesmo que você se alimente bem durante as refeições e lanches intermediários – pode significar que está faltando líquido no organismo para inflar as fibras e fazer com que você se sinta satisfeita.

Leia mais: 6 ótimos motivos para você beber mais água – além de emagrecer

4. Desgaste da pele

Nossa pele é extremamente sensível e precisa de muita água para se manter hidratada. Se você esquece de encher (e beber!) a garrafinha durante o dia, não vai demorar muito para que ela perca a elasticidade e fique ressecada.

5. Ausência de transpiração, mesmo com esforço físico

Se você notar que não está suando enquanto pratica uma atividade física intensa, pare e vá beber água. “Isso quer dizer que seu corpo está poupando o pouco líquido que ainda tem para utilizá-lo em outras funções. Aí, sem a sudorese para regular sua temperatura, problemas graves, como a taquicardia, podem surgir”, alerta Scaglione.

Leia mais: O que acontece quando você toma água com limão em jejum

Qual a solução?

A recomendação de 2 a 3 litros de água diariamente você provavelmente já conhece, mas também é preciso atentar para o momento do dia em que você está ingerindo o líquido. “O ideal é que aconteça, principalmente, entre as refeições e antes e após a prática de atividades físicas”, indica Scaglione. Mas a água não é a única opção para hidratar o corpo. Vale apostar também na água de coco, nos repositores hidroeletrolíticos, nas frutas e nas hortaliças. “Para ajudar você a lembrar, faça o download de aplicativos que enviam notificações ao longo do dia, avisando que está na hora de virar o copo ou consumir algum alimento rico no líquido”, sugere Scaglione.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s